Mau hálito? Conheça as causas e o tratamento.

Clareamento a laser: seu sorriso mais bonito
4 de Abril de 2018

Mau hálito é um problema comum e que atinge muitas pessoas. E pode ser um sinal de que há algo errado com a saúde.  Muitos não sabem, mas esse problema também é conhecido como halitose e, segundo pesquisas, atinge 3 a cada 10 pessoas.

O maior incômodo se deve ao fato de que, as pessoas que sofrem com mau hálito não percebem por já estarem acostumadas com a sensação. Isso causa constrangimento e afeta a autoestima a partir do momento em que as demais pessoas percebem.

É comum, para quem sofre com mau hálito sentir algumas alterações. Essas mudanças podem ser sentidas no paladar ou ainda a sensação de estar com a boca amarga, sendo uma das alterações mais comuns.

As causas do mau hálito pode ser resultados de diversos fatores e comportamentos adotados durante sua vida, mas as causas mais comuns são derivadas da:

  • Sua rotina alimentar,
  • Falta de higiene bucal bucal,
  • Hábito de fumar excessivamente,
  • Inflamação na gengiva,
  • Placa de bactéria

Vale ressaltar que a halitose, ou o mau hálito, pode ser indicador de doenças periodontais ou diabetes. Por isso, a importância de se ter um diagnóstico preciso para um tratamento adequado. Esse diagnóstico pode ser feito pelo seu dentista, que avaliará a saúde bucal detectando problemas que possam causar o mau hálito.

A halitose pode trazer complicações à sua saúde indo além do mau odor. Quando em grau avançado, pode ocorrer a presença de cáseos amigladlianos, ou seja, pequenas bolinhas que fixam nas cavidades das amígdalas causando um cheiro desagradável.

Também pode haver uma hiposalivação, quando há uma diminuição do fluxo de salivação. Isso preocupa, pois a salivação possui um papel  importante para o nosso corpo, removendo exatamente as partículas que causam o mau odor, higienizando a boca constantemente.

Mas como tratar esse problema de mau hálito?

O primeiro passo é a ida ao seu dentista,  para que as causas do problema possam ser identificadas e o tratamento adequado seja indicado. Após identificar as causas, o paciente realizará exame bucal com o objetivo de avaliar as condições das regiões como gengiva, dentes, língua, bochechas, lábios.

Prevenção

O mais importante é prevenir o problema para que não haja complicações. Alguns hábitos fazem toda a diferença, como manter a escovação regular, de pelo menos 3 vezes ao dia. Nesse processo é importante o uso do fio dental e enxaguante bucal. Visitas periódicas ao dentista ajudam a prevenir não somente a halitose, mas problemas com sua saúde bucal em geral.

Tirando algumas dúvidas:

O mau hálito pode ser hereditário?

A halitose não é algo hereditário, é uma consequência de algum hábito ou falta de higiene na região bucal.

Garganta inflamada pode causar halitose?

A garganta inflamada é sinal de que algo está errado com sua saúde, havendo a presença de vírus ou bactérias provocando pus que resultará no odor. A solução para esse caso é o uso de antibióticos e medicamentos receitados pelo seu médico.

De que forma o estresse provoca o mau hálito?

O estresse causa um aumento de adrenalina causando a diminuição do fluxo salivar, o que irá prejudicar na higienização da boca, podendo provocar o acúmulo de bactérias na boca.

Apenas pessoas com cárie tem mau hálito?

O mau hálito é causado por diversos fatores. No caso das cáries, pode ser indicador, mas não restringe a causa, ou seja, não somente pessoas que tem cárie é que possuem mau hálito. É necessário uma avaliação do seu dentista para determinar o que está causando esse problema.

Prótese dentária facilita a ocorrência da halitose?

Isso só ocorrerá se o paciente não realizar a higiene bucal corretamente. Com isso há o acúmulo de restos de alimentos. Para que não danifique a prótese, utilize produtos com ação antibacteriana para que não causem ranhuras e uma escova específica, ajudando a remover todo o excesso indesejado e fazendo a correta higienização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *